Minha transição

19:00

                                               A quem diga que eu não passei pela transição!

 Bom eu nunca gostei do meu cabelo, nunca me senti bem em usar meu cabelo natural, sempre achei que para ser linda eu precisava e necessitava ter o cabelo e grande e liso porque era isso que eu via na televisão. Quando nova, minha mãe sempre fazia penteados em meu cabelo quando eu chegava na escola   sempre me entristecia, porque eu não tinha cabelo liso  e as meninas consideradas lindas eram as que tinha o cabelo liso da pele clara e eu não tinha nem a pele clara e nem o cabelo liso.  Minha adolescência foi marcada por várias sessões de pranchas em meu cabelo, eu chegava do colégio já corria para o quarto para refazer a prancha e guardar meus cabelos na touca . Bem o que mais me fazia sofrer é porque meu cabelo não ficava liso, "só quando estava sujo e oleoso" que  já era hora de lavar o cabelo. 
 O tempo  foi passando e eu fui me acostumando, que em meu aniversário o meu cabelo nunca ficaria bonito, pois era tempo chuvoso e ele inchava, sempre chorava pois eu  tinha uma vontade de poder da ferro ou química que nem minhas amigas pelo menos assim eu ia ter um cabelo liso, apesar da minha mãe não gostar do cabelo cacheado ela nunca deixou que eu colocasse química  no meu cabelo nem  da ferro, por causa dela não precisei cortar todo. 
A primeira vez que comecei a ter vontade de parar de escovar meu cabelo foi quando,minha amiga  Adriane me disse que achava que meu cabelo era liso, isso mexeu tanto comigo eu sentir que estava perdendo minha identidade, eu queria ser mesma e eu não conseguia. Ai você pensa era apenas cabelo, NÃO, NÃO ERA SÓ CABELO. Era atitude, que faltava em mim, era empoderamento, auto estima, amor próprio e apesar de achar que tinha tudo isso com a transição descobri que não tinha nada disso.
 Eu era insegura comigo mesmo, me achava a patinho feio.
 Mas não pense que foi só entrar na  transição que  mudei e fiquei empoderada, antes disso  ouvi muitas críticas dentro e fora de casa, chorei mas chorei muito porque as pessoas próximas não entendia o porque parei de escovar e me criticavam tanto, quantas vezes escutei "Você fica mais bonita com cabelo liso", "Você penteou o cabelo hoje?! Cara você sabe o que é sair de casa se sentindo linda e ouvir isso? Isso é desmotivador demais. 
Eu tenho sorte de poder ter entrado a transição com minha amiga/irmã Lorena que sempre segurava minha mão e eu a dela sempre achávamos uma saída para os desastres dos nossos cabelos. Inventamos a transição no nosso último ano no ensino médio, o ano  da nossa sonhada formatura, como nossos cabelos não estava lá essas coisas escovamos  para  festa.



 Enfim descobri aos poucos  que não devia ouvir nada do que as pessoas falavam, aprendi técnicas  infalíveis  para meu cabelo.  Não tenho mais medo de ir em uma festa, pois sempre estou pronta.
 Se eu pudesse voltar ao tempo e falar com aquela Tainá do passado diria," não escute nenhum deles, eles não sabem o que dizem você é linda."



0 comentários